25 julho 2011

Lágrimas

1 comentário:

BRANCAMAR disse...

Que lindo e sábio pensamento Isabel, de alguém que tinha uma alma grande ou nunca deixou morrer a pureza da criança que havia em si.

Beijinhos
Branca