13 janeiro 2010

! vida da sentido O


David, meu filho

Despedi-me, ontem, dos meus alunos da noite.
Algumas das "minhas meninas" ficaram de lágrima no canto do olho.
Acho que gostam de mim e percebem que gosto delas.
Despedi-me, por uns tempos.

Diagnóstico dos exames e biópsia que fiz "carcinoma mamário".
Um nódulo pequenino ...
Alguém, na escola, disse "é o cancro da tristeza".

Mas vou sossegar e concentrar-me no que tenho a fazer.
A escola fica para depois.
Depois de ti, nunca mais voltou a ser a minha segunda casa, apesar de regressar, a casa, sempre reconciliada com o que ela tem de bom - os meus alunos.
Fossem jovens...
Sejam adultos...

Contigo, aprendi muito ... E espero ser uma aluna de quem te orgulhes.
Sei, cá dentro, que sofri a maior dor que se pode sofrer.
Portanto, estou bem.
O meu coração não se afoga em ansiedade como quando tu adoeceste.
E eu sentia aquela falta de ar!
Desta vez, no meu coração, há espaço de sobra para o outro filho, para o neto, para o Manel e todos ... a quem a minha vida está ligada.
Portanto, vou sossegar ...

Mesmo assim ..., às vezes,
... muito frequentemente até, me pergunto, ainda, qual será o sentido da vida.
Desta minha vida que, de tão estranha, vou procurando já não questionar.

Mesmo assim ...
Porque será que, para alguns, a vida é tão mais difícil de levar a bom porto?

Mesmo assim ...
... este estranho sentido da minha vida ... procuro-o na força de viver que tinhas e no inesgotável entusiasmo com que te lançavas em cada novo projecto.
És tu, meu filho, quem me guia com a grandeza e coragem com que acordavas bem vivo, para cada dia.
Ao som da música.

Isso sossega-me.

De quoi a besoin l' amour?

6 comentários:

manuela baptista disse...

e do que o amor precisa

é exactamente isto: goste de si, coloque-se em primeiro lugar,segure nas mãos dos que a amam

como a sua mão sempre esteve a agarrar, a sustentar, a mão do seu filho.

Seja da tristeza

ou

não,

não será a tristeza que a deve habitar neste momento.

Força Isabel!

Nós estamos e estaremos aqui a torcer por si!!

um beijo

Manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

MESMO ASSIM


Mesmo assim
Isabel
agarre-se à vida
com todas as forças que tenha

As do David
e dos Seus
que estes que por aqui andam
estarão Consigo

Estou Consigo
porque sei
quanto me deu
na dor
que é vida
e mesmo se
aparentemente
cruel
e sem sentido

Agarre-se a ela
que a Seu lado
estamos por aqui


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Janeiro de 2010

Ana Cristina disse...

Bjis

Nini

Brancamar disse...

Querida Isabel,

Depois do que já tinha dito foi bom passar por aqui e saber que deixou tudo para pensar em si, para sossegar e tranquilamente dar largas a esse coração que alberga tantos entes queridos.
Assim meesmo, sem ansiedades, tudo vai correr bem e como dizem a Manuela e o Jaime nós estaremos sempre por aqui.
Um beijinho grande.
Branca

Silenciosamente ouvindo... disse...

Isabel, força, e realmente pense
em si, fundamentalmente em si.
Como eu tenho andado "por esses
problemas mamários)a m/irmã tirou um peito, uma prima minha o ano
passado tirou parte e eu sempre as
acompanho às consultas, aos
tratamentos.
É tratar-se e vi voltar a "não
se incomodar" e tem obviamente
que encarar esta nova situação sem
receios,apenas fazer tudo o que os
médicos disserem.
Em pensamento estarei sempre consigo.Beijinhos/Irene

António disse...

Abraço amigo, Isabel. Faltam-me as palavras...